A espada e as duas mãos

Gosto muito dessa mensagem do Paulo Coelho!

Um guerreiro sabe que um anjo e um demônio disputam a mão que segura a espada.

Diz o demônio: “Você vai fraquejar. Você não vai saber o momento exato. Você está com medo.”

Diz o anjo: “Você vai fraquejar. Você não vai saber o momento exato. Você está com medo.

O guerreiro fica surpreso. Ambos disseram a mesma coisa.

Então o demônio continua: “Deixa que eu te ajudo.”

E diz o anjo: “Eu te ajudo.”

Nesta hora, o guerreiro percebe a diferença. As palavras são as mesmas, mas os aliados são diferentes.

Então ele dedica sua vitória a Deus. E, com a confiança dos valentes, escolhe a mão de seu anjo…

Anúncios