Configurando a variável de ambiente para localidade

Nesse post, vou falar sobre a variável de ambiente da localidade, que é a responsável pelo idioma usado no sistema. O pacote locales possui múltiplos idiomas e permite aos usuários utilizar o seu idioma, país, caracteres, etc.

Para checar se o pacote está instalado:

# dpkg -l | grep locales
ii  locales                           2.7-18                   GNU C Library: National Language (locale) data [support]

Se o pacote não estiver instalado:

# apt-get install locales

O pacote locales provê o comando locale, que é usado para checar os valores das variáveis de ambiente da localidade:

# locale
LANG=
LANGUAGE=pt_BR:pt:en
LC_CTYPE=”POSIX”
LC_NUMERIC=”POSIX”
LC_TIME=”POSIX”
LC_COLLATE=”POSIX”
LC_MONETARY=”POSIX”
LC_MESSAGES=”POSIX”
LC_PAPER=”POSIX”
LC_NAME=”POSIX”
LC_ADDRESS=”POSIX”
LC_TELEPHONE=”POSIX”
LC_MEASUREMENT=”POSIX”
LC_IDENTIFICATION=”POSIX”
LC_ALL=

Vejam na tabela abaixo, o significado de cada variável:

Tabela locale

Uma observação: Na variável LANG, pode ser especificado mais de um idioma; basta separar com ‘:‘, como visto em LANGUAGE. O inglês é identificado pelo código C e usado como padrão caso nenhum locale seja especificado.

No caso, as minhas variáveis estão setadas para o padrão (não tem nenhuma localidade específica); somente a variável LANGUAGE atende a minha localidade. Mas ainda assim, a linguagem padrão do meu sistema é o Inglês. Vejam:

# ifconfig
eth0      Link encap:Ethernet  HWaddr 00:0c:29:69:18:74
inet addr:172.16.105.129  Bcast:172.16.105.255  Mask:255.255.255.0
inet6 addr: fe80::20c:29ff:fe69:1874/64 Scope:Link
UP BROADCAST RUNNING MULTICAST  MTU:1500  Metric:1
RX packets:101 errors:0 dropped:0 overruns:0 frame:0
TX packets:97 errors:0 dropped:0 overruns:0 carrier:0
collisions:0 txqueuelen:1000
RX bytes:12676 (12.3 KiB)  TX bytes:12529 (12.2 KiB)
Interrupt:18 Base address:0x1400

A saída do ifconfig está em inglês, vamos mudar para a localidade do Brasil. Para isso, vamos reconfigurar o pacote com o comando dpkg-reconfigure:

# dpkg-reconfigure locales

Será aberto uma tela questionando qual a localidade que se deseja usar. No caso, podemos percorrer a lista, localizar e selecionar pt_BR.UTF-8 UTF-8. Ao teclar OK, a próxima tela pede para confirmar qual locales deseja gerar; selecionamos pt_BR.UTF-8 e teremos uma saída similar a esta:

# dpkg-reconfigure locales
Generating locales (this might take a while)…
en_US.UTF-8… done
pt_BR.UTF-8… done
pt_BR.UTF-8… done
Generation complete.

Após isso, basta deslogar e logar novamente para checar o locale:

# locale
LANG=pt_BR.UTF-8
LANGUAGE=pt_BR:pt:en
LC_CTYPE=”pt_BR.UTF-8″
LC_NUMERIC=”pt_BR.UTF-8″
LC_TIME=”pt_BR.UTF-8″
LC_COLLATE=”pt_BR.UTF-8″
LC_MONETARY=”pt_BR.UTF-8″
LC_MESSAGES=”pt_BR.UTF-8″
LC_PAPER=”pt_BR.UTF-8″
LC_NAME=”pt_BR.UTF-8″
LC_ADDRESS=”pt_BR.UTF-8″
LC_TELEPHONE=”pt_BR.UTF-8″
LC_MEASUREMENT=”pt_BR.UTF-8″
LC_IDENTIFICATION=”pt_BR.UTF-8″
LC_ALL=

Checando novamente o ifconfig:

# ifconfig
eth0      Link encap:Ethernet  Endereço de HW 00:0c:29:69:18:74
inet end.: 172.16.105.129  Bcast:172.16.105.255  Masc:255.255.255.0
endereço inet6: fe80::20c:29ff:fe69:1874/64 Escopo:Link
UP BROADCASTRUNNING MULTICAST  MTU:1500  Métrica:1
RX packets:1129 errors:0 dropped:0 overruns:0 frame:0
TX packets:810 errors:0 dropped:0 overruns:0 carrier:0
colisões:0 txqueuelen:1000
RX bytes:107176 (104.6 KiB)  TX bytes:384835 (375.8 KiB)
IRQ:18 Endereço de E/S:0x1400

Vejam que agora a saída do comando está em Português! Também podemos configurar a localidade editando o arquivo /etc/locale.gen.

Esse arquivo guarda a lista das localidades; basta descomentar a linha da localidade desejada:

# vim /etc/locale.gen
pt_BR.UTF-8 UTF-8

Após salvar o arquivo, o sistema tem que reler novamente esse arquivo para setar a localidade que escolhemos. Isso é feito com o comando locale-gen:

# locale-gen
Generating locales (this might take a while)…
en_US.UTF-8… done
pt_BR.UTF-8… done
Generation complete.

É isso aí pessoas… nesse post fico por aqui. Até a próxima🙂 !

Referências:
Personalização do Sistema
http://focalinux.cipsga.org.br/guia/avancado/ch-pers.html

Idioma
http://pgdocptbr.sourceforge.net/pg80/charset.html

Configuração do ambiente de computador
http://www.linguateca.pt/codificacoes/

3 Responses to “Configurando a variável de ambiente para localidade”


  1. 1 JSteiner 31/01/2012 às 2:41 PM

    Sua postagem está ótima, mas tenho uma dúvida: como selecionar a opção de linguagem desejada? Qual a tecla que se usa para, dentro da tela das localidades, selecionar, por exemplo, pt_BR.UTF-8?
    Gostaria de uma orientação. Grato.

    • 2 Nix 31/01/2012 às 9:35 PM

      Olá,
      Você utiliza as setas de navegação para percorrer a lista de localidades.
      Para selecionar uma, pressione a barra de espaços, e depois, só utilizar o para confirmar sua opção.

  2. 3 JSteiner 01/02/2012 às 2:21 PM

    Obrigado!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Follow Nix on WordPress.com
julho 2009
S T Q Q S S D
« jun   ago »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Flickr Photos

Fast-flying Falcon

Mais fotos

%d blogueiros gostam disto: