Redes: como tudo começou…

Nesse post, vou falar sobre o início das Redes de Computadores; não vou me aprofundar no assunto, so passar uma visão geral de como tudo começou.

Antes de tudo, o que e rede?

Rede nada mais é do compartilhar informações e serviços. As redes de computadores fornecem ferramentas de comunicação necessárias para permiter que computadores compartilhem informações e recursos, como por exemplo:

✔ Compartilhar o conteúdo do HD ou de uma pasta com outros usuários.

✔ Compartilhar uma impressora para todas as máquinas da empresa.

✔ Compartilhar a conexão da internet para todas as máquinas que estão ligadas na rede.

Quando tudo começou…

Desde sempre houve a necessidade de comunicação. Soluções como sinais de fumaça, tambores, pombo-correio, código Morse, rádio, televisão… tudo isso contribuiu para a evolução da comunicação.

Com a chegada dos computadores, também veio a idéia da construção de uma rede de computadores que pudessem trocar informações. Essa idéia surgiu no Departamento de Defesa dos EUA, o ARPA (Advanced Research Projects Agency) e ficou conhecida como ARPANET.

O principal objetivo era interligar diferentes computadores, tanto para aumentar o poder geral do computador quanto para descentralizar o armazenamento de informações. O governo americano queria encontrar uma forma para acessar e distribuir informação no caso de um evento catastrófico, como um ataque nuclear. Se uma bomba atingisse uma linha de computador importante, a transferência de informação pararia imediatamente. Mas se houvesse um meio de formar uma rede de computadores, outras partes do sistema poderiam continuar funcionando mesmo se um elo fosse destruído.

Entre 1969 e 1977, a ARPANET evoluiu de uma rede de quatro computadores para uma com 111 computadores pertencente a universidades, entidades militares e de pesquisa. Usando conexões via satélite, a ARPANET conectou sistemas de computador nos Estados Unidos a computadores no Havaí e Europa.

Durante a década de 80, outras redes surgiram: CSNet, DECNet, Usenet, entre outras. Essas redes tinham o objetivo de interligar laboratórios e universidades nos EUA e em outros países.

No fim dos anos 80, a infraestrutura da ARPANET começou a ficar obsoleta e as as organizações na ARPANET começaram a fazer a transição para outras redes, principalmente a NSFNET. Em 1990, o projeto ARPANET foi finalizado, mas seus objetivos foram alcançados. Os EUA possuíam uma rede de computadores que conectava recursos poderosos e que podia continuar operando mesmo se uma parte da rede parasse de funcionar; além disso, essa rede também podia atravessar o mundo conectando computadores de um lado ao outro no globo.

Contribuições da ARPANET

A criação de um software ou serviço, sempre depende uma motivação especial ou deficiência de alguma ferramenta. No caso da ARPANET, a motivação foi criar uma rede que pudesse continuar trocando informações mesmo que algum ponto falhasse. E essa motivação, gerou ferramentas importantes:

Logins Remotos – possibilitou pessoas usarem um sistema de computador para logar em outro a quilômetros de distância.

Transferência de arquivos – usuários puderam acessar informações em outro computador, além de copiar, salvar dados ou enviar arquivos através da rede.

Correio Eletrônico – usuários puderam enviar mensagens eletrônicas através da rede.

E além disso, da ARPANET nasceu a Internet, ou World Wide Web (WWW), que nada mais é do que um conjunto de informações que são públicas e disponibilizadas em um servidor e que podem ser visualizadas através de um navegador web.

O primeiro navegador para a Web foi criado em abril de 1993 e teve o nome Mosaic; apesar de não existir mais, foi considerado uma revolução tecnológica. E olha que legal… hoje em dia podemos escolher entre vários navegadores: Firefox, Chrome, Lynx (para quem precisa ou gosta de navegar em modo texto), Opera, entre outros.

No axis.org, tem um gráfico da evolução dos navegadores utilizados… quando eu olhei, estava atualizado até agosto/2009. E, se quiser ver o timeline da Internet, pode conferir aqui. Vale a pena!

E isso aí, ate o próximo post😉 !

Leia mais:

Redes de Computadores

História da Internet

Arpanet

Aspectos Históricos Redes de Computadores

0 Responses to “Redes: como tudo começou…”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Follow Nix on WordPress.com
dezembro 2009
S T Q Q S S D
« nov   jan »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Flickr Photos

Morning Silence

Mais fotos

%d blogueiros gostam disto: