The Information Machine (1958)

A computação evolui a cada dia que passa… novas tecnologias são criadas novas formas de usar os sistemas de computação. Frequentemente nos lembramos dos primeiros dias de computação e os grandes nomes de empresas, porém não temos a chance de ver como as pessoas daquela época viam os computadores.

Esse vídeo, nos dá uma pequena amostra informativa e interessante sobre o assunto.

Memória de vídeo no Linux

Descobrir a quantidade de memória de vídeo no Linux…

1) Utilizando o comando lspci:

$ lspci -v | grep -A4 -i vga
00:02.0 VGA compatible controller: Intel Corporation Core Processor Integrated Graphics Controller (rev 18) (prog-if 00 [VGA controller])
Subsystem: Dell Device 049c
Flags: bus master, fast devsel, latency 0, IRQ 46
Memory at fe000000 (64-bit, non-prefetchable) [size=4M]
Memory at c0000000 (64-bit, prefetchable) [size=256M]

O comando lspci lista os dispositivos instalados no computador. No caso, utilizei o -v (verbose) para ter mais informações e filtrei a saída com o comando grep, pedindo para mostrar 4 linhas após encontrar o padrão vga.

E na saída do comando, temos na ultima linha a quantidade de memória de vídeo.

2) Analisando o log do Xorg:

$ cat /var/log/Xorg.0.log | grep VideoRam
[    21.295] (==) intel(0): VideoRam: 262144 KB

Nesse caso, a quantidade de memória está em KB então, para saber ao certo, pega o valor total e divide por 1024:

262144/1024 = 256

Os dois modos para se ver a quantidade de memória são válidos, porém achei o segundo método mais atualizado, pois o que está registrado no log é o que o sistema identificou durante o boot.

Referências:

Video Memory – http://fixunix.com/x/19532-video-memory.html

Servidor X – https://ivanix.wordpress.com/2009/09/06/servidor-x/